Menu Lateral
 
Prados, 30 de Abril de 2017 :: 55 visitantes online.

Carnaval alegre e tranquilo com mais de 50 mil pessoas nas ruas em Prados

Publicado em 19/02/2015 00:00:00


Cinco dias de folia, com muita alegria e segurança e as ruas tomadas pelos foliões que brincaram e se divertiram no carnaval pradense, da noite de sexta-feira até a madrugada da Quarta-feira de Cinzas. Já na primeira noite teve o desfile de blocos carnavalescos e a festa continuou nos dias seguintes com os desfiles de rua dos blocos UCA e Gato Preto, bandas tocando no palco armado pela Prefeitura, bloquinhos de foliões e só terminou na madrugada da Quarta-feira de Cinzas com a apresentação da Bandinha de Marchinhas. O som mecânico funcionou nos intervalos das 15h às 04h.

Tudo isso só foi possível com o apoio e organização da Prefeitura de Prados que organizou um grande esquema de segurança para garantir a tranqüilidade dos foliões. A Prefeitura instalou 16 câmeras de seguranças monitoradas pela Polícia Militar, que permitiram o acompanhamento policial e, se necessário, a intervenção rápida para evitar risco aos carnavalescos.

O trânsito na área central foi fechado no período da tarde e não foi permitida a entrada de ônibus e vans na cidade. Não foi permitido estacionar nas ruas do centro. Os veículos infratores foram multados e removidos pela Polícia Militar para o pátio do Detran em São João del-Rei. A Prefeitura contratou caminhões guincho para a remoção de veículos estacionados em locais proibidos. Durante todo o período do Carnaval 11 veículos que estavam estacionados em locais proibidos foram rebocados para o pátio do Detran em São João del-Rei

O som automotivo é proibido em Prados aos veículos estacionados nas vias públicas conforme Lei Municipal no 1.664, de 29 de janeiro de 2004. Muito elogiado também pelos foliões foi o controle do volume do som mecânico, que este ano ficou mais baixo e com isso mais agradável aos ouvidos dos foliões.

As residências alugadas para o período do Carnaval foi um dos pontos que causou transtorno para a população. As pessoas que vêm de fora da cidade, alugam casas e não respeitam o direito dos outros colocando aparelhos de som com volume muito alto e incomodando toda a vizinhança. Como a Polícia Militar tinha somente dois plantonistas durante o dia, não foi possível coibir todos os abusos praticados pelos visitantes.

A venda de bebidas e alimentos nas ruas só foi permitida mediante Alvará da Prefeitura e com toda a orientação que foi dada antes do Carnaval, diminuiu muito a utilização de garrafas e copos de vidro, que também estava proibida.

Uma medida importante adotada este ano foi o aumento dos banheiros químicos que passam dos 18 instalados no ano passado para 40 unidades este ano, distribuídas por diversos locais da cidade.

O número de seguranças também foi maior, e passou dos 27 utilizados em 2014 para 46 em 2015. Contudo, na avaliação da Prefeitura, o esquema montado com os seguranças também não funcionou a contento. Segundo a secretária de cultura Keila Velho, “para o próximo ano seremos ainda mais exigentes com a segurança contratada”, comentou.

Segundo a Secretária de Cultura e Turismo Keila Maria Velho, que também participa da Comissão Organizadora do Carnaval, a festa foi extremamente positiva, no que diz respeito à organização, ao som, disposição e padronização das barracas e também dos banheiros químicos. Ela acredita que um ponto que tenha ainda que ser melhorado é a questão da segurança privada, que mesmo tendo seu efetivo aumentado não funcionou dentro do esperado.

Melhor atendimento na Santa Casa:

Para proporcionar um melhor atendimento médico durante o Carnaval a Prefeitura investiu mais recursos para o funcionamento do  Plantão Médico 24 horas na Santa Casa. Com o recurso financeiro aportado pelo Município foi possível a manutenção de médicos, enfermeiras, técnicos de enfermagem, atendentes de recepção e auxiliares de limpeza também no período da noite. A Prefeitura conseguiu também que o Conselho Tutelar mantivesse um conselheiro de plantão na Santa Casa no período noturno, o que facilitou o atendimento médico a menores de idade que precisassem de socorro.

Outro fator importante foi a proteção das portas com madeirite e a atuação de um segurança noturno no local, o que ajudou a conter o público que sempre quer acompanhar os acidentados no Pronto Atendimento.

Prefeito e vereadores visitaram a Santa Casa

O prefeito Liu e os vereadores Daniel Carvalho e José Diniz visitaram na segunda-feira a Santa Casa de Prados para ver como estava o atendimento médico. Eles foram recebidos pelo diretor clínico do hospital, Ricardo de Oliveira D’olne e pelos funcionários que estavam de plantão.

Segundo o médico, as ações foram positivas e ajudaram a melhorar o atendimento médico. Ricardo D’olne lembrou que o plantão do Conselho Tutelar ajudou muito, permitindo que o atendimento aos menores de idade fossem atendidos com maior rapidez. Outro fato que ele destacou foi a presença do segurança mantido pela Prefeitura no hospital, o que permitiu um melhor atendimento médico, uma vez que não permitiu o tumulto que amigos e familiares dos acidentados provocavam ao chegar com o paciente na Santa Casa.

Segundo o administrador da Santa Casa, Iraí Silva de Carvalho foram feitos cerca de 70 atendimentos por dia, porém, nenhum de maior gravidade. “Foi um trabalho mais tranqüilo. O maior apoio da Prefeitura possibilitou um atendimento melhor, mais seguro e tranqüilo”, afirmou.

Polícia Militar:

Segundo as estimativas da PM cerca de 53 000 pessoas passaram pelo centro da cidade durante o Carnaval: 7 mil sexta, 20 mil sábado, 9 mil domingo, 12mil segunda, e, com o tempo mais fechado, apenas 5mil na terça-feira.

Segundo a Polícia Militar, as câmaras instaladas estão ajudando no policiamento e funcionando bem. Uma ocorrência foi destacada na sexta-feira quando em uma confusão, um policial reformado sacou uma arma em público e deu uma coronhada em uma mulher. E na noite de sábado, o motorista de uma van estacionada em Pinheiro Chagas, na entrada da cidade, foi assaltado por bandidos armados que levaram cerca de R$80,00.

Prefeito e vereadores também visitaram a PM

Para acompanhar o que foi feito em termos de segurança para garantir a tranqüilidade do Carnaval, o prefeito Liu e os vereadores Daniel Carvalho e José Diniz fizeram uma visita também ao quartel da Polícia Militar, onde foram atendidos pelo soldado De Luna. O cabo Evald mostrou o acompanhamento feito pelas câmeras de segurança, que possibilitaram o rápido acompanhamento das ocorrências durante o Carnaval.

Eles acompanharam as imagens da festa, feitas pelas 16 câmaras de segurança instaladas pela Prefeitura nas ruas da cidade e conversaram com os policiais sobre os resultados apresentados pela nova estrutura que a Prefeitura estava dando neste sentido.

Segundo a Polícia Militar, principalmente a instalação da câmeras estava possibilitando um atendimento mais ágil e seguro, uma vez que o policial que acompanhava as imagens podia acionar rapidamente o policiamento de rua em caso de alguma confusão em qualquer ponto onde havia concentração de foliões. Porém, o Carnaval pradense estava transcorrendo com tranqüilidade e segurança.

Ao final das visitas o prefeito Liu lembrou a importância dos investimentos feitos pelo Município para que tanto o atendimento médico da Santa Casa, quanto a segurança pública fossem melhores, mais ágeis e mais seguros para toda a população e foliões. “Todos os anos nos preocupamos em aumentar o atendimento dos serviços públicos durante o Carnaval, principalmente no atendimento da Santa Casa e da Polícia Militar, porque são os dois principais pontos que permitem uma maior tranqüilidade para todos”, afirmou Liu.

 

Limpeza das ruas:

Como é comum nos períodos de festas prolongadas, a cidade amanhece suja, com uma grande quantidade de lixo espalhado pelas ruas. Graças ao planejamento desenvolvido pelo Departamento de Obras e Serviços Urbanos da Prefeitura, o pessoal de limpeza e varrição de ruas entrou em operação ainda na madrugada, e com o dia amanhecendo a área central da cidade já estava varrida. Em seguida entrava o caminhão pipa contratado pela Prefeitura que lavava as ruas centrais, onde estava sendo realizada a festa.

Falta de atendimento bancário:

Um problema que afetou muito aos foliões, principalmente aos de outras cidades que passaram o Carnaval em Prados foi a falta de atendimento dos caixas eletrônico em Prados. O do Banco do Brasil ficou sem dinheiro para que a população efetuasse saques desde a sexta-feira e o do Bradesco também ficou descoberto.

Veja outras fotos:

Carnaval no Bichinho

O Carnaval na comunidade do Bichinho também correu tranqüilo durante os cinco dias (sexta-feira até a madrugada da Quarta-feira de Cinzas), com os desfiles de blocos e baterias e contou também com um grande número de turistas.

http://prados.mg.gov.br


Mais Notícias

(c) 2017 - Prefeitura Municipal de Prados
Endereço: Rua José Silva Filho, nº 11 Cep: 36.320-000 - Cidade: Prados / MG
Tel.: (32) 3353-6388 - Email: gabinete@prados.mg.gov.br
Horário de Funcionamento: 8:00 às 11:00h e de 13:00 às 17:00h
Versão: 2017.04.10
Alternar para Versão Mobile
Desenvolvido por: